Fases da Adolescência

A minha família, o meu Mundo
Tudo aquilo que nós construímos com o tempo com torne de uma só pessoa nesta "fase" é em vão. Tudo aquilo a que nós, adolescentes, chamamos de amor, parece tudo mágico! 
Por ser tudo novo, por falarmos ao coração, por o nosso pensamento ser ocupado por uma única pessoa, por andarmos sempre com o sorriso colado no rosto 24 sobre 24 horas, por o nosso corpo sentir-se cheio de energia e vontade de gritar e expressar essa alegria tão indescritível a que nos optimamente aceitamos, porque gostamos do que estamos a sentir...
E o que vem depois? Quando a química se dispersa no vácuo, e pior, quando a mágoa se instala e os sentimentos começam a ficar obscuros; passando da alegria à tristeza e revolta, ao isolamento, mas principalmente quando se cria em nós uma ilusão! A ilusão de que aquilo é para sempre, que a pessoa nos pertence, que nós temos o direito dela, de a possuirmos como e quando quisermos.
Não é assim.
Um adolescente, nunca saberá o que é realmente amar, muito menos, associar a ideia de que só se ama uma vez na vida! Só diz isso quem realmente está preso na própria sombra e não vê para além disso. Um adolescente vai ter muitas amizades, muitas relações mais "coloridas" mas vai ser feliz, e voltar a sofrer, feliz e voltar a sofrer. É mesmo assim. E só nessas alturas é que vai ter de ser forte, voltar a erguer-se, do chão, seja do abismo, ou de onde quiser, e vai limpar o rosto, enxugar as lágrimas e sorrir, e deixar que os pensamentos fluam naturalmente.
Não é refugiar-se num computador, ou no telemóvel ou conhecer raparigas novas que vai mudar o que tu sentes! Tens de ser tu a ganhar coragem e enfrentar a realidade que temes em não ver e continuar a magoar as pessoas que mais se preocupam contigo com as tuas palavras rudes cheias de revolta! 
Ninguém consegue ter paciência de santo todos os dias, nem estar sempre com a mesma disposição.
Não te vou andar com falinhas mansas porque andas mal. O meu dever como tua amiga é mostrar-te aquilo que agora não consegues ver, assim como fazes comigo.
Não se preocupem com estas pequenas fases, tudo passa e tudo tem o seu tempo.
Não queiram viver depressa.

À parte, bom trabalho CAVALEIROS, os meus parabéns.


(Este texto é dedicado a uma pessoa que sabe quem é)

3 comentários:

- Rita Marques •°● disse...

é próprio da fase etária em que nos encontramos que por vezes nos sintamos perto do abismo quando na verdade as coisas ainda mal começaram ;
Fazemos filmes por tudo e por nada ...
Amar , não o conseguimos fazer do dia para a noite , vamos amando , cada um há sua maneira , mas nunca o sentimos na totalidade , se calhar porque não temos maturidade ou experiencia de vida suficiente para o fazer (...)

Adorei o texto Princesa *.*
P.s - Dá-me o nome da musica (:

- Rita Marques •°● disse...

Falamos deste texto sexta feira *.*
Quase ninguém sabe daquilo a que me refiro ;
Com tempo eu explico-te !

AMO-TEE * <3

- Rita Marques •°● disse...

- Está bem *.*
- Beijinhoos , amo-te !